Luciano pretende implantar Hospitais de Urgência em todas as regiões do Estado

A principal proposta do pré-candidato a governador pelo PSDB, Luciano Nunes, para a área da saúde é a implantação de hospitais de urgência, que vão funcionar no mesmo modelo do HUT de Teresina, nas quatro regiões do Piauí. Caso tenha sua candidatura confirmada em convenção, o tucano vai discutir a proposta durante a campanha eleitoral e expor como tudo vai funcionar.

“O HUT é um modelo de hospital de trauma para todo mundo porque tem resolutividade. Somente durante o primeiro quadrimestre deste ano, o HUT atendeu 3.248 pessoas que sofreram acidentes. Nós precisamos desafogar essa pressão criando instituições semelhantes nas quatro regiões do Estado, evitando que as pessoas precisem se deslocar de longe para Teresina, em situação de urgência e emergência”, argumenta Luciano Nunes.

A proposta do pré-candidato inclui a construção do (Hospital de Urgência do Piauí) HUP Cerrados, HUP Semiárido, HUP Central e o HUP Litoral. “A ideia é envolver todos na discussão do tema para, em caso de vitória, buscar o apoio das forças políticas junto ao governo central, em Brasília, para viabilizar os recursos necessários à montagem da estrutura física e garantir a alocação dos recursos necessários à aquisição de equipamentos, contratação de pessoal e à manutenção de toda a estrutura”, explica Luciano Nunes.

O deputado acrescenta ainda que a proposta também é desafogar o atendimento de urgência que é feito na capital. “O HUT de Teresina é eficiente. Tem dado prova disso, mas vive sufocado por falta de estruturas semelhantes nas regiões mais distantes. Muitas vidas se perdem só por causa do deslocamento. Com a implantação dos HUPs teremos um socorro mais imediato por estarem mais próximos das pessoas na hora da necessidade”, pontua o candidato a governador.

Assim como aconteceu com o HUT, os HUPs vão precisar de recursos extras para sua construção e para mantê-los em funcionamento. “Daí a necessidade de envolver toda bancada federal, sob o comando do governador do Estado, que deve conduzir o processo pessoalmente para que ele aconteça”, destaca Luciano.

Fonte
Mayara Sousa
Jornalista/Relações Públicas DRT 1507
Contato: (86) 8806-9866

Deixe uma resposta