Marden Menezes diz que governo tem que dar exemplo e cortar gastos

Deputado alerta parlamentares sobre peso político caso aumento de impostos seja aprovado

O deputado Marden Menezes (PSDB) disse hoje (17) durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Piauí que o Governo do Estado deveria primeiro cortar gastos antes de propor aumento de impostos. “É preciso, sim, sentar, discutir, debater e é o que estamos fazendo aqui hoje. Agora, se Estado quer aumentar impostos deveria, primeiramente, cortar despesas e isso ele não faz”, afirmou o parlamentar, que completou, “acreditamos é que o primeiro a dar o exemplo deveria ser o Governo reduzindo os gastos”, frisou o deputado.

Marden Menezes responsabilizou o inchaço da máquina pública, com a criação de secretarias e coordenadorias, pelo aumento nas despesas do governo e alertou os parlamentares sobre o peso político que recairá sobre a Alepi caso o projeto seja aprovado. “Repassar para a população uma conta que não é dela é um desrespeito. Hoje, o descrédito político está enorme e tenho certeza que o povo vai se voltar contra essa Casa com a aprovação desse projeto”, afirmou.

“Essa Assembleia aqui vai pagar o preço político, vai de novo passar para o cidadão da conta? Vai de novo dizer: vamos aumentar imposto porque o governo do estado precisa gastar mais. É essa a postura que nós vamos adotar?”, questionou Marden Menezes já no plenário da Assembleia.

O deputado tucano apontou também problemas estruturais na Mensagem nº 40, enviada pelo Poder Executivo. “Essa é uma matéria eivada de vícios constitucionais. Nós só podemos legislar em cima de lei complementar e esse é um projeto de lei ordinária”, esclareceu.

Marden sugeriu que o governo apresentasse um “plano de austeridade” para que a Alepi aceitasse dividir a responsabilidade por medida tão impactante. “Se o governo cortasse despesas e apresentasse um plano de austeridade, essa Casa, inclusive, a oposição, não se negaria a procurar dividir o sacrifício, procurar partilhar a responsabilidade. Agora, o Estado gasta, gasta, gasta, cria cargos, joga dinheiro onde não se deve e acaba que vem aqui aumentar imposto, essa não é definitivamente a postura que nós precisamos para superar a crise”, concluiu.

Proposta

A Mensagem nº 40 enviado pelo Governo do Estado prevê, entre outras alterações, o aumento das alíquotas do imposto sobre Operações de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), que caso aprovado terá impacto direto no preço de produtos e serviços, entre eles, combustíveis e telefonia. A matéria deverá ser votada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na próxima semana.

Marden Menezes prestigia inauguração de nova sede do Solidariedade em Teresina

O Deputado Marden Menezes (PSDB) prestigiou na manhã de hoje (11) a inauguração da nova sede do partido Solidariedade (SD) em Teresina.

O parlamentar foi recebido pelo presidente estadual da sigla no Piauí, Flávio Nogueira. “Viemos prestigiar, fortalecer e retribuir também o carinho do Solidariedade para com o nosso estado. Nós temos um bom diálogo com o partido, há um estreitamento de relações entre lideranças do SD e do PSDB na capital e interior e o Flavinho vem representando muito bem a legenda no estado”, disse Marden.

Na ocasião, o deputado conversou ainda com o colega parlamentar Dr. Pessoa (PSD) com quem deve se encontrar também no Sabor Maior no fim de semana. Marden passa o Dia das Crianças com a família em Piripiri, sua cidade natal, onde participa dos festejos de Nossa Senhora dos Remédios, padroeira da cidade.

Marden Menezes diz que governo deve cortar gastos e não aumentar impostos

Matéria foi retirada de pauta e foi marcada audiência para debater o assunto com a sociedade. 

O deputado Marden Menezes (PSDB) criticou e se manifestou contra a proposta de aumento de impostos enviada pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). A Mensagem nº 40 do Executivo, discutida hoje (10) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, propõe aumentar as alíquotas dos combustíveis, energia elétrica e de vários produtos e serviços como o de comunicação (telefonia).Devido ao impacto da matéria, os deputados Marden Menezes e Rubem Martins (PSB) solicitaram, antes de qualquer deliberação sobre o assunto, a realização de audiência pública para discutir a proposta com a sociedade piauiense.

Para Marden, em lugar de aumentar impostos, o Executivo deveria primeiramente cortar gastos e reduzir o tamanho da máquina pública. “O que acontece é que o governo pede o aumento do imposto e continua gastando errado e excessivamente. Então, eu queria manifestar o nosso posicionamento contra o aumento da carga tributária no nosso estado e vamos lutar para melhorar e aperfeiçoar essa matéria, retirando esses pontos que prejudicam a sociedade”, disse Marden Menezes.

“O que o governo precisa fazer é enxugar despesas, precisa fazer cortes em despesas supérfluas, cortar aquilo que não é essencial, diminuir o peso da máquina administrativa, para vir a essa Casa pedir aumento de imposto”, complementou o deputado.

Marden chamou ainda a proposta do Executivo de “pegadinha”. Segundo ele, o aumento de impostos estava camuflado na Mensagem enviada pelo governo pela proposição da anistiar multas e juros para débitos e ICMS e IPVA. “Mais uma vez vem um projeto do governo, um daqueles bem capciosos, que a gente tem que olhar com lupa para detectar as chamadas ‘pegadinhas’. O governo busca novamente aumentar os impostos aqui no nosso estado, mas dessa vez houve uma mobilização enorme do setor produtivo e das indústrias, que é o setor que ajuda a manter o Piauí vivo mesmo no período tão conturbado com a crise nacional e estadual que se avizinha”, ressaltou o parlamentar.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), Evandro Cosme, também presente na reunião da CCJ, o projeto tem um impacto direto e nocivo na vida de todos os piauienses. “Esse não é problema que afeta apenas os comerciantes e empresários do Piauí, mas toda a população. Propor aumento nas alíquotas de energia elétrica, combustível e telecomunicação, quando já houve reajuste nessas áreas, é prejudicar não só a economia do estado como a sobrevivência dos comerciantes e dos trabalhadores do Piauí. O aumento de tributos prejudica todo o varejo e pode aumentar o número de demissões e os valores dos produtos que chegam até os consumidores”, alertou o presidente da CDL.

Os presidentes da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), Zé Filho, do Sindicato da Indústria e Construção Civil (Sinduscon), André Baia, também estiveram presentes na reunião da CCJ e se manifestaram contra o projeto do governo.

Proposta para aumentar impostos

A proposta do Governo do Estado é aumentar o Imposto sobre Operações de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) para vários serviços e produtos. No caso da energia elétrica, o ICMS de quem consome acima de 200kilowatts/hora deverá ter aumento de 29%. O projeto prevê ainda pedido de autorização para o governo usar operações de crédito para pagamento de servidores do Fundo de Previdência Social dos Servidores do Estado do Piauí.

Setas realiza lançamento do Programa Criança Feliz e visa atender cerca de 200 famílias em Piripiri

Fotos: Sílvio Vieira

Foi realizada na manhã desta terça-feira, 10.08, pela SETAS – Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social e o Governo Federal, a solenidade de lançamento do Programa Criança Feliz. O evento aconteceu no Parque Curumi, no centro de Piripiri – PI. O programa tem como objetivo promover o desenvolvimento integral da primeira infância, considerando sua família e seu o contexto de vida.

A solenidade contou com a presença da secretária da pasta Socorro Menezes, do Prefeito Luiz Menezes, demais secretários de governo, vereadores, todo o staff da SETAS, além de crianças, pais e responsáveis. Animação do grupo musical Los Banjos.

Prefeito de Piripiri Luiz Menezes e a sua esposa Socorro Menezes (Primeira Dama do município)

O Projeto Criança Feliz viabiliza visitas domiciliares, apoio a gestante, orienta a família sobre atividades e cuidados que fortaleçam os vínculos familiares, identifica as necessidades de acesso a serviços e direitos da criança e a integração às políticas públicas.

GALERIA DE FOTOS. CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

João Henrique reúne presidentes e delegados do PMDB em Piripiri

O vice-presidente regional do PMDB no Piauí, João Henrique de Almeida Sousa, reuniu neste sábado (30) dirigentes e lideranças do partido de Piripiri e municípios da região para discutir a tese de candidatura própria da sigla a governador do Estado em 2018. O encontro ocorreu na Câmara Municipal de Piripiri, e reuniu presidentes, delegados, prefeitos e vereadores do município e das cidades de Milton Brandão, Lagoa do São Francisco e Domingos Mourão.

Entre os presentes, o prefeito de Piripiri, Luis Menezes, liderança histórica do PMDB no Piauí. No evento, João Henrique relembrou as campanhas vitoriosas do PMDB de 1986 e 1994, quando Alberto Silva e Mão Santa, respectivamente, foram eleitos governador, disse que toda eleição é imprevisível e conclamou os presidentes e delegados do partido a abraçarem a ideia de candidatura própria. “Em política não existe essa história de ‘já ganhou’. Toda campanha começa 0 a 0 e toda eleição é absolutamente imprevisível. Portanto, vamos à luta, o PMDB tem todo o direito de disputar o Governo do Estado”, afirmou.

Ex-ministro dos Transportes e atual presidente do Conselho Nacional do Sesi (Serviço Social da Indústria), João Henrique criticou o Governo Wellington Dias e condenou a aliança de parte do PMDB com o PT. Para ele, as bases têm de ser ouvidas para decidir se o partido deve ou não ter candidato a governador. “O PMDB é um partido de luta, de homens e mulheres corajosos. Nós temos que ouvir as bases para decidir em quem devemosvotar”, defendeu.

João Henrique disse ainda que o PMDB atravessa o melhor momento para lançar candidato próprio. “Temos o presidente da República, que está recuperando a economia do país, e já garantiu todo o apoio a uma eventual candidatura a governador”, disse. O prefeito Luís Menezes defendeu a candidatura própria a governador. “Um partido do porte do PMDB não pode deixar de lançar candidato a governador”, disse.

Para ele, nenhum peemedebista deve se opor à tese de candidatura própria. “Temos de ter candidato próprio. Competir é a única maneira de fazermos o nosso PMDB voltar a crescer”, observou. O presidente do PMDB em Piripiri, Edvar Gomes de Araújo, lembrou que o partido tem um histórico de lutas e de vitórias. “Nós sempre enfrentamos muitas dificuldades e sempre superamos. Por isso, não podemos deixar de, mais uma vez, enfrentar mais esse desafio”, disse ele, emocionado.

Também defenderam a candidatura própria o vereador Chico Corinto, de Piripiri, e os dirigentes do partido em Milton Brandão, José Filho, e de Domingo Mourão, Valdir Bandeira. “Vai ser difícil votar no PT, caso o PMDB decida apoiar a reeleição do governador Wellington”, disse Valdir Bandeira. O encontro com as lideranças em Piripiri é o quarto realizado com a finalidade de mobilizar as bases do PMDB em torno da tese da candidatura própria – o primeiro foi em Jaicós, no dia 16, os outros dois em Barras e Campo Maior, no último dia 23.

Marden Menezes convida parlamentares e população para festa do bode em Batalha

O deputado Marden Menezes (PSDB) convidou hoje (27) os parlamentares da Assembleia Legislativa do Piauí e a população do Centro-Norte piauiense para prestigiar a tradicional Festa do Bode, feira de ovinos e caprinos, a realizada na cidade de Batalha, de 29 de setembro a 1º de outubro.

“A Festa do Bode já é uma tradição no calendário do estado e promove o aquecimento da economia local e o comércio de pequenos e grandes animais. E nós, enquanto representantes da região, destinamos uma emenda parlamentar para auxiliar no custeio do festival, que é de extrema importância para o setor agropecuário do Centro-Norte piauiense”, disse do deputado Marden Menezes.

O deputado apresentou ainda durante a sessão de hoje requerimento solicitando que o dia 02 de outubro, próxima segunda-feira, seja destinado ao debate sobre o problema do câncer de estômago. O parlamentar aprovou este ano projeto de lei de sua autoria criando o Dia Estadual do Câncer de Estômago, no dia 28 de setembro. A data é para chamar a atenção da sociedade piauiense para a gravidade da doença e a importância de apostar na prevenção.

Marden Menezes informou ainda o adiamento de audiência pública marcada para amanhã em que seria debatido o alto índice de suicídio no Piauí e sua associação com a depressão. O parlamentar explicou que por conflito de data e horário com outra a audiência pública (sobre a privatização da Eletrobrás Distribuidora Piauí),  a discussão teve que ser adiada. Ele informou ainda que na próxima semana se reunirá com o presidente da Comissão de Saúde na Alepi, deputado Firmino Paulo, para definir nova data para a audiência sobre depressão.

Marden Menezes cobra providências da Agespisa sobre falta de água em Pedro II e Piracuruca

O deputado Marden Menezes (PSDB) cobrou, na sessão de ontem (26), da Assembleia Legislativa do Piauí, providências urgentes para resolver o grave problema da falta de água enfrentada pelos municípios de Pedro II e Piracuruca, cidades localizadas no Centro-Norte piauiense. O requerimento apresentado pelo deputado solicita ao governador do Estado, Wellington Dias (PT) e ao presidente da Agespisa (Empresa de Água e Esgotos do Piauí S/A), Emanuel Bonfim, medidas concretas para resolver a questão do abastecimento de água na região.

“Nós estamos aqui cobrando providências concretas e providências imediatas, urgentes para evitar o sofrimento de cerca de 30 mil pessoas da zona urbana de Pedro II, que estão tendo muita dificuldade para fazer tarefas do dia a dia, como cozinhar o alimento, tomar banho e utilizar o que é essencial para a sobrevida humana que é água, que é um dos bens mais preciosos que o ser humano tem e precisa”, disse Marden da tribuna da Alepi.

O parlamentar lembrou ainda que no início do ano a Secretaria da Defesa Civil se comprometeu, em audiência pública realizada em Pedro II, em resolver o problema, mas que nada mudou desde então. “No primeiro semestre nós fizemos uma audiência pública lá, em Pedro II, junto à Câmara de Vereadores, onde o Governo do Estado tranquilizou a população, através da Defesa Civil, dizendo: ‘não se preocupem que nós temos quatro poços de grande profundidade perfurados e Pedro II não vai passar com falta d’água’. De lá pra cá, praticamente, nada mudou, dos quatro poços, apenas dois estariam operando, e a realidade é que Pedro II hoje, uma das cidades mais importantes da região Centro-Norte do Piauí, sofre com problema de água”, frisou.

O parlamentar destacou também o caso do município de Piracuruca, cidade com abundância de água, mas que também vem padecendo com a questão do abastecimento. “Piracuruca é um caso ainda mais estranho e absurdo. Há água em abundância na Barragem do rio Piracuruca, mas a Agespisa não consegue fazer a água chegar até as residências. Onde nós vamos chegar? Onde estão os responsáveis, as autoridades, o Governo do Estado, que nós mínimos problemas, nas questões mais básicas, mais essenciais, não conseguem dirimir a problemática das nossas cidades”, ressaltou Marden Menezes.

Em resposta às cobranças do deputado, o líder do governo na Alepi, deputado João de Deus (PT), informou que a Agespisa está ciente da situação e que estão sendo tomadas algumas medidas nos municípios citados para resolver a questão do abastecimento.

Para discutir soluções para a situação hídrica do estado, o deputado Marden Menezes comunicou que será realizada no próximo mês, dia 04 de outubro, audiência pública na Comissão de Infraestrutura da Alepi, a qual preside, com o objetivo de analisar o problema do abastecimento no interior. A audiência foi solicitada pelo deputado Robert Rios e contará com a participação de representantes do Governo do Estado.

Assessoria de Comunicação do Deputado Marden Menezes.

Alepi promove audiência pública para discutir suicídio e depressão na próxima semana

A Comissão de Saúde, Educação e Cultura da Assembleia Legislativa do Piauí vai promover, na próxima quinta-feira (28), uma audiência pública para discutir o alto índice de suicídios no Piauí e sua relação com a depressão. A proposta é do deputado Marden Menezes (PSDB), que já tem projeto em tramitação na Alepi, instituindo a Semana de Conscientização sobre a Depressão entre Jovens e Adultos, ação que pretende contribuir para a prevenção e tratamento da depressão no Piauí.

“A cada ano que passa o número de suicídios cresce em todo Brasil, mas no Piauí a situação está se mostrando ainda mais grave. Então, precisamos saber o que está acontecendo no nosso estado, quais são os fatores que estão levando jovens, adultos e também idosos a cometerem suicídio. No boletim divulgado ontem pelo Ministério da Saúde, a maioria das pessoas que tirou a própria vida nos últimos seis anos foi de idosos acima de 70 anos, uma informação que preocupa. Por isso precisamos ouvir os especialistas, as entidades que trabalham diretamente na prevenção ao suicídio, para procurarmos soluções para ajudar as pessoas a terem esperança e optar pela vida”, afirmou o deputado Marden Menezes.

O parlamentar acrescentou que debater o problema da depressão é um dos caminhos para entender o problema do suicídio, principalmente, entre os jovens. “É importante investigar a influência da depressão nos suicídios praticados em nosso estado, principalmente, entre os jovens, onde a taxa de mortes é ainda maior, por isso, propus a audiência pública, para que pudéssemos avançar na busca de ações preventivas”, ressaltou o deputado.

Foram convidados a participar da audiência, o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto; o presidente da Fundação Municipal de Teresina, Sílvio Mendes; além de representantes dos conselhos regionais de Medicina e de Psicologia; universidades Estadual e Federal do Piauí; igrejas, entidades não governamentais que trabalhem na área ou interessados e outras autoridades.

Semana de conscientização sobre a depressão

O projeto de lei nº 37, de autoria do deputado Marden Menezes, que institui a Semana de Conscientização sobre Depressão entre Adolescentes, Jovens e Adultos, tem como objetivo a realização de palestras, seminário, conferências e audiências públicas no sentido de esclarecer a população sobre a depressão. Outro objetivo é facilitar a circulação de informações sobre os tratamentos  disponíveis e a rede de atendimento psicossocial existente na capital e interior.

As atividades da semana deverão acontecer nas escolas da rede pública e privada, anualmente, sempre no início de setembro, quando se realiza o Setembro Amarelo, mês de conscientização do problema do suicídio e de valorização da vida.

Fonte: Assessoria do Deputado Marden Menezes.

Alepi aprova projeto do passe livre intermunicipal para idosos do deputado Marden Menezes

O Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou hoje (20), por unanimidade, o projeto de lei do deputado Marden Menezes (PSDB) que regulamenta o passe livre intermunicipal para idosos no estado. O projeto estabelece que pessoas com idade igual ou superior a 60 anos terão direito a duas vagas gratuitas no transporte rodoviário coletivo do Piauí e também a 50% de desconto nas demais vagas disponíveis. Para entrar em vigor, o projeto depende apenas da sanção do governador do Estado, Wellington Dias.

O deputado Marden Menezes comemorou a aprovação do projeto e considerou o momento histórico. “Para muitos pode ser mais um projeto, mas para milhares de famílias do nosso estado, hoje, essa Casa faz história, aprovando, por unanimidade, uma matéria completamente concernente, consoante com a Constituição Federal, com a Constituição Estadual, com o Estatuto do Idoso e com a legislação em vigor do nosso país. Uma matéria, que a partir da sanção governamental, que nós aguardamos ansiosamente, levará a toda pessoa, com idade igual ou superior a 60 anos do nosso estado o direito a meia passagem nas suas viagens de município para município”, destacou o parlamentar da tribuna da Alepi.

Para Marden, a efetividade do passe livre dos idosos no Piauí é uma conquista feita de muita luta. “Nós aprovamos uma matéria no ano de 2014, assegurando o direito ao passe livre para a população idosa, mas, por uma incompatibilidade em um dispositivo essa matéria não pôde vigorar. Nós também enfrentamos muita resistência, mas o importante é que agora venceu a sensibilidade dos colegas deputados que ajudaram a fazer justiça a quem já ofereceu tanto para o nosso estado”, frisou o parlamentar em entrevista.

A defensora pública, Sarah Miranda, do Núcleo Especializado de Defesa e Atenção ao Idoso e da Pessoa com Deficiência da DPE-PI, presente durante toda a votação, agradeceu o empenho do deputado na efetivação desse direito. “Eu gostaria de agradecer especialmente ao deputado Marden Menezes que abraçou essa ideia, que colocou esse tema para ser discutido e aprovado. Hoje nós temos o que comemorar e temos uma gratidão muito grande pela iniciativa legislativa dele. Podemos dizer que agora a pessoa com deficiência e o idoso andam de braços juntos. Porque antes esse direito estava assegurado apenas às pessoas com deficiência, mas não para o idoso e essa realidade pôde ser modificada hoje”, destacou.

O presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (Cedipi),  Anfrísio de Moura Neto, ressaltou que o projeto vai beneficiar a pessoa idosa mais carente do estado. “São quatro anos que a gente vem lutando para que esse passe livre saia do papel e possa ser aprovado nesta Casa. E é um projeto de lei que beneficia as pessoas idosas mais carentes desse estado, são as pessoas que ganham até dois salários mínimos. São pessoas que têm necessidades especiais, necessidade de fazer tratamento […] E nós precisamos ter respeito com a pessoa idosa, com aqueles que construíram esse estado”, afirmou.

Ainda da tribuna, o deputado Marden Menezes agradeceu ao presidente da Alepi, deputado Themístocles Filho (PMDB), por ter colocado a matéria em votação no mesmo dia em que ela foi aprovada na Comissão de Infraestrutura da Casa e agradeceu também à Defensoria Pública e aos membros dos conselhos do idosos do Piauí para que o projeto viesse a ser aprovado. “Acima de tudo, agradecer a todas as instituições que colaboraram para a aprovação desse projeto. Defensoria Pública representada pela doutora Sarah (Miranda), Ministério Público e Conselhos Municipal e Estadual do Idoso”, frisou.

Fonte: Assessoria do Deputado Marden Menezes  .

Marden Menezes propõe voto de louvor aos realizadores da ExpoAgro Piripiri

O deputado Marden Menezes (PSDB) propôs, na sessão de hoje (18) da Assembleia Legislativa, voto de louvor em homenagem aos realizadores da I Exposição Agropecuária de Piripiri (ExpoAgro), feira que aconteceu de 13 a 17 de setembro no município e movimentou a economia da região Norte do Piauí. Entre os homenageados estão o prefeito de Piripiri Luiz Menezes (PMDB), o presidente da Associação de Criadores do Norte do Piauí, José Neto, o governador do Estado, Wellington Dias (PT), o secretário estadual do Trabalho e Empreendedorismo, deputado Gessivaldo Isaías e o presidente da Associação Piauiense de Criadores de Zebu, deputado João Mádison.

“Esse requerimento representa o reconhecimento público para aqueles cidadãos e instituições que foram fundamentais para o resgate do feira agropecuária da cidade de Piripiri, a I ExpoAgro. Há mais de uma década a feira daquele município não acontecia e no início do ano nós estivemos em contato com os produtores e criadores da região e dissemos basicamente o seguinte: agora nós vamos fazer a feira ”, destacou Marden Menezes, da tribuna da Alepi.

O parlamentar, que foi um dos idealizadores do evento, agradeceu ainda a presença de todos os deputados que prestigiaram a feira. “Queria ressaltar a presença dos senhores deputados que estiveram lá conosco. Deputado Edson Ferreira, que entende do assunto e esteve lá durante todo o sábado, o deputado Mauro Tapety que também nos prestigiou, o deputado Gessivaldo Isaias, que ficou lá praticamente todo o fim de semana. Esteve presente também o ex-governador Zé Filho, o nosso ilustre amigo Dr. Pessoa, que foi muito festejado por todos os presentes, animando aí as oposições. Agradecer ainda aos secretários de estado que estiveram (em Piripiri) na comitiva do senhor governador ”, destacou Marden, que foi um dos idealizadores do evento.

O deputado afirmou também que traz um “sentimento de realização por ter puxado essa corrente pelo resgate dessa feira”. Ele enfatizou ainda os negócios feitos durante a ExpoAgro. “Muitos negócios foram realizados, muitos animais foram comercializados. Para o primeiro ano, foi realmente um sucesso em se tratando de negócios. A cidade de Piripiri, desde terça-feira, desde o dia 12, estava com os seus hotéis lotados. Então, não há dúvida que a circulação de riquezas, a circulação de mercadorias, o aquecimento da economia foi sem dúvida alguma o grande resultado”, afirmou Marden Menezes.

Apoio ao movimento dos policiais militares por mais segurança

O deputado Marden Menezes também manifestou apoio à manifestação dos policiais militares feita hoje (18), em frente à Alepi, em homenagem aos 34 policiais mortos este ano no estado. Eles exigem mais segurança para o exercício da profissão.

“Nós recebemos também a comitiva dos policiais militares que estiveram aqui na Alepi. É um quadro realmente preocupante, os números são mais do que alarmantes. As informações trazidas pelos policiais  assustam a qualquer um”, disse Marden.

E completou: “O Piauí é um dos estados que menos investe em segurança pública. O Piauí investe hoje em média em torno de 70 reais por pessoa na área de segurança. Para se ter uma ideia, o Maranhão investe mais que o dobro. Então, a nossa realidade precisa de mudança, precisamos de uma valorização adequada aos policiais que estão dando o melhor de si junto à sociedade”, disse o deputado.

Projeto do passe livre intermunicipal para idosos

O deputado Marden Menezes lembrou ainda que nesta quarta-feira (20) será realizada a votação na Comissão de Infraestrutura da Alepi do novo projeto do passe livre intermunicipal para idosos, de autoria do parlamentar.  A expectativa é que a reunião seja acompanhada pelos conselhos municipal e estadual de idosos e ainda por representantes do Sindicato das Empresas de Transporte.

“Estarão presentes as entidades que defendem os idosos aqui e ainda o Ministério Público, a Defensoria Pública, que trata da defesa dos direitos da pessoa idoso. O deputado Wilson Brandão, que havia pedido vistas do projeto, já o devolveu e desde agora fica a marcação da pauta para a votação dessa proposta que deve fazer justiça com a população idosa piauiense”, frisou Marden.

Assessoria do Deputado Marden Menezes.

Contato (86) 99916-5720