Aulas de educação física devem ser ministradas por profissional da área 

Os profissionais de Educação Física do Piauí comemoram mais uma conquista, a partir de agora, nas escolas de todo o Estado, só poderá ministrar aulas de educação física um profissional formado na área. O prazo para adequação das escolas, proposto em Lei de autoria do deputado Marden Menezes, acabou na última quarta-feira (27) e as instituições de ensino ficam obrigadas a seguir a determinação.

Projeto de lei de autoria do deputado estadual Marden Menezes é aprovado no Piauí

Deputado estadual Marden Menezes: “Encerrado o prazo para adequação das instituições de ensino, a partir de agora, através da Lei 7098, de nossa autoria, somente profissionais de educação física podem lecionar a disciplina, nas escolas públicas e privadas do Piauí”.

Deputado estadual Marden Menezes recebe equipe da SEJUCE

Deputado estadual Marden Menezes: “Boa tarde amigos e amigas. Recebemos hoje o Secretário de Cultura de Piripiri, @ducivalaraujo e sua equipe. Reafirmamos o nosso compromisso com o calendário cultural da Terrinha”.

Deputado Marden e prefeito Luiz Menezes alinham projetos para 2019

Em conversa na tarde de hoje, 16, o prefeito Luiz Menezes tratou com o deputado estadual Marden de projetos para os próximos dois anos no município. Assim como em 2018, quando o deputado destinou emendas para a Arena Radical, Praça nos residenciais Petecas, Pirifolia, Expoagro e Festival de Humor e Arte, Marden garantiu para o prefeito que já colocou em suas emendas impositivas mais recursos para o município.

“Infelizmente o governo estadual está demorando na execução de duas obras importantes que são a Arena Radical e a praça do ‘Petecão’, mas a destinação de nossas emendas impositivas foi feita e vamos cobrar e fiscalizar para que as obras sejam concluídas. Nesta tarde ratificamos nosso compromisso com o município e em conversa com o prefeito pudemos alinhar onde poderemos alocar mais recursos para este ano de 2019”, disse o deputado.

SETAS reúne conselhos vinculados a assistência social do município

A secretária da SETAS, Márcia Galvão, reuniu na manhã de hoje os representantes de nove conselhos vinculados a assistência social do município.

O encontro aconteceu no auditório da secretaria no centro administrativo com as pessoas que compõe os conselhos de políticas públicas e conselhos de direito, tanto do poder público, como da sociedade civil organizada, em que a SETAS reforçou a sua atuação e disposição para trabalhar na política de assistência social, onde terminou com alguns encaminhamentos e que para 2019 os conselhos serão mais atuantes.

“Nós estamos aqui para possibilitar, viabilizar condições de trabalho para os conselhos municipais”, garante Márcia Galvão.

Prefeito de Piripiri oficializa nomeações em solenidades na prefeitura e SETAS

O prefeito de Piripiri Luiz Menezes participou de duas solenidades na manhã de hoje. Uma em seu gabinete e a outra no auditório da SETAS. Os momentos solenes contaram com a presença de servidores da saúde e assistência social do município, além, do procurador do município, Antônio Carlos, presidente do IPMPI, Gilberto Carvalho, secretária de finanças, Bárbara Menezes e imprensa local. As cerimônias tiveram como objetivo de oficializar as nomeações dos profissionais que irão compor as respectivas pastas.

Obras do Polo Têxtil de Piripiri serão aceleradas

As obras do Polo Têxtil de Piripiri (PI) seguirão a todo vapor nos próximos meses. O assunto foi tratado durante uma reunião entre o Governo do Estado do Piauí e a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet), nessa quarta-feira (09), no Palácio de Karnak. O projeto tem o objetivo de alavancar a economia do município e gerar empregos diretos e indiretos, por meio da comercialização da mercadoria local.

De acordo com o gestor da Sedet, Igor Neri, o Polo Têxtil de Piripiri, é um espaço de valorização do comércio e integração entre a comunidade. “O município já se destaca como segundo maior polo têxtil do Piauí. Nada mais justo que incentivar o comércio e produtos da região, com o incentivo de uma boa estrutura”, destaca o secretário.

O Polo Têxtil de Piripiri impulsionará o forte potencial criativo da região. As pessoas consomem de uma maneira diferente a cada período, por isso vem a necessidade de inovar e, mais que isso, proporcionar uma experiência de venda e compra diferenciada para a cidade.

O Governo do Estado do Piauí investiu cerca de um milhão e meio de reais. O espaço é de 1300 m², com 27 pontos comerciais, sendo que 4 lojas serão concedidas à cidade de Pedro II. “A preciosidade da opala e o artesanato de Pedro II merecem ser valorizados no polo, movimentando a economia da região”, avalia Igor Neri.

A ideia é levar aos comerciantes e produtores uma infraestrutura que incluirá lojas, restaurante, banheiros, wifi, estacionamento, tudo de forma acessível. A projeção é que a cidade de Piripiri torne-se uma referência de produção têxtil na região Nordeste, acarretando na melhoria das condições de vida da população, em geral.

Com informações de Isabel Monteiro

Prefeitura de Piripiri entrega três novas viaturas para a SUTRAN

A Prefeitura de Piripiri, através da SUTRAN, entregou na manhã de hoje, 10, três novas viaturas para suporte e fiscalização no trânsito municipal.

Uma pick-up estrada e duas motocicletas, devidamente equipadas e sinalizadas, passarão a compor a frota municipal, que agora passa a contar com três carros e quatro motos.

A entrega aconteceu na manhã de hoje ao lado da sala de apoio da SUTRAN, com a presença do superintendente Thiago Araújo e agentes que fazem parte da equipe de trânsito. “Esta é mais uma conquista para a nossa SUTRAN. Padronizamos viaturas, fardamentos e temos feito um trabalho sério no trânsito de nossa cidade e estes novos veículos servem de incentivo para que possamos cada vez mais trabalhar por nossa cidade”, disse o superintendente.

Átila Lira crê que maioria da bancada federal do Piauí apoia Bolsonaro

O deputado federal Átila Lira (PSB-PI) declarou apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e acredita que 10 dos 13 parlamentares que compõem a bancada federal do Piauí em Brasília apoiam o novo governo. Em entrevista ao Notícia da Manhã, desta segunda-feira (07), o parlamentar também declarou apoio ao deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) que disputa a reeleição na Câmara e tem agenda no Piauí nesta terça-feira (08).

“Vou continuar apoiando o Bolsonaro. Eu no PSB, mesmo o partido divergindo, a matéria de interesse nacional, eu vou votar […] não estou autorizado pelos deputados, nem senadores, mas o governo tá com contato de maneira geral com quase todos, no sentido de tê-los como apoiadores. Creio que dos 13 [deputados federais e senadores pelo Piauí] vamos terminar com 10”, disse o piauiense que cogita sair do PSB.

“Os Progressistas já foram convidados pelo presidente da República e a gente sente que o partido é receptivo. O Elmano com certeza e o Ciro é possível. O Marcelo é porque andou dizendo que vai ficar no campo ideológico do PT, mas eu creio que, ideologicamente, o Marcelo é mais conservador que eu”, completa o deputado sobre o possível apoio da bancada federal piauiense ao governo Bolsonaro.

Sobre a reforma da previdência, Átila Lira disse que “vota no projeto que o governo encaminhar” que, segundo o parlamentar, deve ser aperfeiçoado.

“Esse projeto vai ter algumas coisas novas relacionadas a região, indicadores de esperança de vida que é o caso da região Nordeste, que entre o Sul e o Nordeste, há uma diferença grande e isso o projeto vai contemplar”, disse o parlamentar.

Futuro político

Átila Lira reafirmou a mudança de partido, mas não declarou qual será a nova sigla

“No PSL eu não quero ir não, é um partido novo. Quero ir para um partido mais estruturado, mais definido. O PSL ainda está em formação, mesmo sendo grande numericamente. Prefiro ficar com os partidos que têm uma certa história. Ainda não defini”, resumiu Átila Lira.

Eleição na Câmara Federal

O parlamentar piauiense comentou ainda sobre a eleição da Câmara Federal e declarou apoio à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na presidência.

“Vou votar nele. Ele vai estar aqui amanhã, eu não vou estar porque vou a Brasília tratar dos assuntos de bancada, critérios políticos, cargos federais, interesses coletivos. Ele chega amanhã, vou votar com ele e creio que temos condições de elegê-lo presidente da Câmara”, finaliza Átila Lira.

Nova maternidade deve ser finalizada em dois anos

O secretário de Saúde do Estado, Florentino Neto, esteve nesta quinta-feira (29), na Assembleia Legislativa do Piauí, para prestar esclarecimentos sobre a saúde pública do Estado. Na oportunidade, o deputado Marden Menezes cobrou a conclusão da nova maternidade, que deve ser construída na zona Leste de Teresina.

O deputado lembrou que a Maternidade Dona Evangelina Rosa já vem apresentando problemas há muito tempo e que as mães do estado precisam de uma solução por parte do Governo do Estado. “O problema da Evangelina Rosa já vem de muito tempo. O próprio diretor da maternidade deixa clara a falta de estrutura, os servidores também já denunciaram a falta de condições mínimas para o trabalho no local”, afirmou Marden Menezes.

Em resposta ao deputado, Florentino Neto garantiu que as obras da nova maternidade já estão em fase inicial e deve ser concluída em dois anos. O secretário afirmou ainda que já tem recursos assegurados para dá andamento na obra. “Nós já estamos executando a obra, a empresa já está lá, estamos com o subsolo escavado, iniciando o trabalho de fundações e nós temos dois anos para concluir esta obra. O recurso que já temos assegurado nos permite construir até o quinto andar, e já teremos condições de transferir a atual maternidade para lá”, afirmou.

Politização

Marden Menezes também questionou o que ele chamou de politização dos hospitais regionais do Piauí. Segundo o parlamentar, a maioria dos cargos destes locais são indicações políticas e citou, como exemplo, o hospital de Piripiri. “Os cargos do Hospital Regional de Piripiri, na sua maioria, são de indicação política e o atendimento no hospital tem sido seletivo, lá se atende pela cara. Faço aqui um apelo para que seja priorizado o critério técnico e despolitize a ocupação de cargos dos hospitais do interior, porque, em se tratando de saúde, não da para atender olhando para a cara do cidadão, se é do lado A, B ou C”, finalizou.

Alepi aprova Projeto de Lei que prevê fixação de médicos no interior do Piauí

O Indicativo de Projeto de Lei, de autoria do deputado estadual Marden Menezes (PSDB), em parceria com o Sindicato dos Médicos do Piauí, foi aprovado na terça-feira (27), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em plenário, na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). O projeto prevê a fixação de médicos da rede pública estadual de saúde em hospitais do interior do estado. A matéria tem como principal objetivo valorizar estes profissionais, através da Gratificação de Estímulo à Interiorização, para que eles possam permanecer nas cidades para as quais são concursados.

“Creio que esta é uma matéria sobre a qual o governo deveria ter bastante atenção, o que nós estamos aqui é sugerindo ao Governo do Estado uma possível solução para o problema da fixação de médicos nos hospitais regionais ao longo dos territórios piauienses. Este é um projeto extremamente perfeccionista, o Sindicato dos Médicos debateu essa matéria durante meses e com a nossa interveniência, a nossa visão como parlamentar, nós conseguimos aprimorar e eu diria que esta matéria poderia ser um caminho para o Estado, independente de questões políticas partidárias”, disse Marden.

O projeto prevê três níveis de gratificação que variam de acordo com a distância entre o município onde o médico atua e Teresina. O nível I estabelece uma gratificação de 10% sobre o vencimento do profissional que atua mais próximo de Teresina. No nível II, a gratificação é de 15% e no nível III será de 20%, para aqueles que atuam mais distantes da capital. “O médico que está atuando lá em Uruçuí ou em Corrente já no extremo Sul, ele terá um percentual de gratificação de reforço maior na sua remuneração, para fazê-lo fixar residência ou fixar pelo menos a sua presença no município ao longo dos dias necessários para que ele possa bater a sua meta de trabalho.  Assim, ele estando na cidade do interior, a população não ficará desassistida”, disse.

Para o parlamentar, a proposta do Indicativo de Projeto de Lei pode resolver tanto o problema enfrentado pelos hospitais regionais do Piauí, como também ajudará a desafogar os hospitais de Teresina, melhorando também o atendimento na capital. “Você estimulando o médico a permanecer no hospital regional, certamente o nível de resolutividade destes hospitais vai melhorar, diminuindo a ambulância terapia, desafogando as filas nos hospitais de Teresina e não há dúvida que o Governo do Estado economizará recursos, porque as pessoas estarão sendo atendidas com mais rapidez, com um médico especialista perto de sua residência, como deveria ser”, afirmou.

O Indicativo de projeto de Lei prevê ainda critérios constitucionais para a transferência dos médicos que queiram sair do interior do Estado para a capital. “O que ocorre hoje, infelizmente, por falta de incentivo e de valorização profissional, é que a pessoa passa no concurso para médico na cidade do interior e mal concluiu o estágio probatório e, por alguma ingerência política, ou algum favorecimento, já está na capital. O projeto reforça o sistema legal de acabar com estas transferências arbitrárias e de transferências de interesse politiqueiro. O médico concursado para uma cidade terá que concluir o seu estágio probatório naquela cidade e ele só vai ser transferido mediante critérios técnicos estabelecidos nesta proposta”, finalizou.

Marden Menezes pede cancelamento de licitação para horas de voo do Governo do Estado

Deputados da oposição se pronunciaram, nesta segunda-feira (26), na Assembleia Legislativa do Piauí, contra a licitação aberta pelo Governo do Estado para contratar horas de voo em um jato biturbinado e em um helicóptero monoturbinado.

O deputado Marden Menezes (PSDB) pediu o cancelamento do processo licitatório, alegando que o momento de dificuldades financeiras pelo qual passa o Piauí, não permite “este tipo de privilégios”.

“Não faz sentido, nos tempos de hoje, em que as gestões  procuram otimizar os recursos públicos, diminuir privilégios e mordomias, o estado do Piauí iniciar um processo licitatório como este. Nós estamos em um momento em que o Estado não consegue sequer cumprir compromissos básicos com Saúde, Educação e Segurança. Esse processo licitatório é um desleixo com o orçamento público do Estado”, pontuou.

Deputado estadual Marden Menezes participa de reunião sobre situação do Estado do Piauí

Hoje o deputado Marden Menezes participou de reunião para explanação, por parte do Secretário da Fazenda, sobre situação financeira do segundo quadrimestre de 2018. Governo Ptista no Estado segue na corda bamba, dependendo de operações de crédito e receitas extraordinárias para ver se consegue pagar a folha. Ao tempo em que aumentou absurdamente os impostos, o Governo do Piauí não controlou suas despesas. Gasta mal e o desperdício mantém o Piauí, no atual modelo, sem nenhum planejamento consistente para o futuro. Aqui estamos para cumprir o nosso papel e representar a sociedade. *#deputadoMardenMenezes*

Deputado Marden recebe apoio

Hoje recebemos muitas visitas de lideranças e amigos, dos municípios que representamos, que caminharam conosco numa campanha difícil. Não nos faltará coragem para os desafios que virão! Agradecendo aos vereadores Fabio Meneses, de Miguel Alves, Chagas, de São Francisco de Assis, e à família da vereadora Verbena, de Itaueira, e amigos, pelo apoio e lealdade. #mardenmenezes #deputadoestadual

Marden afirma que sugestão do Progressistas ao Governo é prova de que a oposição estava certa

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB), um dos líderes da bancada de oposição na Assembleia Legislativa do Piauí, se pronunciou nesta quarta-feira (31), sobre a proposta de mudanças apresentadas pelo Progressistas ao Governo do Estado. O parlamentar disse que esse foi um gesto importante por parte do Progressistas e ressaltou que comprova o que a oposição já vinha alertando, a necessidade do enxugamento da máquina administrativa.

“Ao longo dessa Legislatura, denunciamos que a estrutura do Estado é obesa, arcaica e pouco produtiva, e que prioriza a acomodação dos aliados políticos do Governo em detrimento do bem estar da sociedade ou a prestação de serviço ao povo.

Quando um partido, com a força do Progressistas dentro do Governo, reconhece essa situação  que são necessárias mudanças, é a confirmação de que estávamos certos e de que até parte do Governo já vê que da forma como está não dá”, destacou Menezes.

O deputado afirmou ainda que o governo precisa ter uma postura de humildade. “É preciso que o governador reconheça esse momento difícil e que escute a todos na busca pelas soluções. A oposição não se negará a contribuir nesse sentido”, completou.

Marden deixou claro que o momento é oportuno diante das mudanças que deverão ocorrer no país e também em virtude das discussões do Orçamento para 2019. “A hora de consertar é agora”, finalizou.