Terço das famílias, dia 23, no Santuário de Nossa Senhora dos Remédios

Direção da Associação Piauiense de Criadores de Zebu visita Parque de Exposições Carolina Freitas Lira

Direção da Associação Piauiense dos Criadores de Zebu – APCZ através do Dr. André Nogueira visita a construção do novo parque de exposição Carolina Freitas Lira. Ele elogiou muito a estrutura e confirmou a presença de todos da APCZ na Expoagro. O evento acontecerá de 13 a 17 de setembro.

Coordenação de Posto de Saúde convida a Polícia Civil para uma roda de conversa com às famílias

Famílias atendidas pela Unidade Básica de Saúde do Bairro São João, UBSF 06, participaram de uma roda de conversa com a presença de uma equipe da Polícia Civil composta pelo titular do 2º Distrito Policial, delegado de polícia Dr. Ricardo Oliveira, escrivão João Paulo e agente de Polícia Civil Sérgio Ricardo. O tema educação e saúde abordou sobre o combate ao uso de drogas e prevenção.

A articuladora do evento foi a enfermeira Lya Raquel através da iniciativa das agentes comunitárias de saúde que sentiam a necessidade de reunir mães e jovens do bairro, dando ênfase aos males causados pelo vício e a importância da família. O encontrou aconteceu no dia 11/08. Segundo ela, a escolha do tema foi pela necessidade da comunidade, “pois é um tema que aflige várias famílias, levando os jovens a alta descoberta”, disse.

O delegado de Polícia Civil, Dr. Ricardo Oliveira, esclareceu com sabedoria e clareza as dúvidas da comunidade, considerando como de muita importância essa oportunidade, ressaltando que a ideia foi excelente, sugerindo que deveria acontecer em outras unidades, visando aproximar a polícia da sociedade e esclarecimento de dúvidas.

Logo após a roda de conversa foi oferecido um lanche para todos presentes.

“A comunidade agradeceu o apoio de toda delegacia de Polícia Civil de Piripiri, onde fui muito bem recebida e apoiaram a nossa causa”, destaca a enfermeira Lya Raquel.

Prefeitura acaba com lixão a céu aberto em Piripiri e cria aterro controlado

O que antes era um lixão a céu aberto agora passa a ser um aterro sanitário, seguindo as normas de segurança e higiene. O local, administrado pela empresa Conserve, passou a sepultar todos os resíduos sólidos da coleta de lixo em Piripiri.

O senhor Valdeci Vieira, um dos responsáveis pelo lugar, explica a situação dos catadores de lixo que lá se encontram, em condições insalubres, rasgando sacolas e revirando o lixo.

“Estamos desenvolvendo um trabalho sério, onde recebemos um lixão a céu aberto e estamos transformando num aterro controlado. Na parte interna do aterro se encontra um grupo de pessoas que fazem parte de uma cooperativa de Piripiri, pessoas que trabalham na reciclagem já alguns anos. O problema é que esta reciclagem está sendo feita de forma errada, onde rasgam as sacolas de lixo dentro do aterro. Já tivemos diversas reuniões com a Prefeitura e o Ministério Público onde está sendo feita uma conscientização do pessoal da cooperativa de que forma daremos continuidade a este trabalho. A Prefeitura tem total interesse na existência da cooperativa, pois aumenta a vida útil do aterro. Mas a reciclagem precisa ser feita de forma responsável e correta, com cuidados ao meio ambiente. É preciso que haja uma identificação na área comercial da cidade de quem são os grandes geradores, quem gera o material reciclável, para que se faça uma segregação e de lá se direcione esse material para fins comerciais para o pessoal da cooperativa, em local apropriado. Local este que já está sendo feito um estudo junto com membros da Prefeitura e pessoal da cooperativa. Então não existe discurso que a prefeitura esteja expulsando nenhum catador. O que existe é um trabalho correto, de forma responsável e com a dignidade para aquelas pessoas que se encontram no aterro”, disse Valdeci.

Na manhã de hoje um grupo de pessoas liderados por uma ex-vereadora tentou entrar no lugar para criar um fato político, polemizar sobre um tema resolvido entre as partes competentes. Nunca se preocuparam com as condições insalubres das pessoas que ali fazem a coleta de lixo e muito menos buscaram melhorias para o local.

Em audiência no Ministério Público, no dia 18 de abril, foi acordado que os catadores ficarão exercendo seus trabalhos no prazo de até 6 meses e após esse prazo serão criados mecanismos para que haja a coleta fora do aterro controlado.

ATA DA AUDIÊNCIA NO MINISTÉRIO PÚBLICO

Saúde de Piripiri estrutura Unidades Básicas de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Piripiri nos últimos dias tem estruturado algumas unidades básicas do município. Foram comprados inúmeros equipamentos como aparelhos de ar-condicionado, compressores, autoclaves, estetoscópios, sonar, cadeiras, longarinas, mesas, armários e todo material para a estruturação que vai permitir o bom funcionamento das unidades básicas de saúde.

Importante lembrar que em janeiro a situação da saúde municipal era caótica. Veículos quebrados, postos sem cadeiras para dentista, aparelhos amarrados com luvas, dentre outros problemas.

Nesta primeira etapa as unidades de saúde que receberam reestruturação foram as UBS 04 e 21 (Paciência), UBS 17 (Fonte dos Matos), UBS 08 (Germano), além de Caps II e Caps AD.

“Nós estamos, na medida do possível, trabalhando incansavelmente pra poder montar essas unidades básicas de saúde para que a população possa ser atendida da forma que ela merece. Em sete meses já melhoramos muita coisa, mas devido a situação que encontramos o município ainda há muito a ser feito. Não descansaremos um segundo para normalizar todos os serviços de saúde em Piripiri”, destacou Letícia Carvalho, superintendente da secretaria municipal de saúde.

Prefeitura inicia recuperação de ruas e avenidas com Operação Tapa-Buracos

Finalizados os procedimentos legais de licitação, nesta semana teve início em Piripiri a operação Tapa-Buracos em diversos pontos da cidade.

Ao longo dos setes meses da gestão diversos trechos da cidade foram sendo consertados, mas o trabalho específico de recuperação das vias urbanas irá acontecer nestes meses de agosto e setembro.

Segundo o prefeito Luiz Menezes o trabalho de reconstrução está em todos os aspectos do município. “Já recuperamos muita coisa e o cidadão piripiriense está vendo. E nossa meta é que em setembro todos os serviços do município estejam funcionando 100%, assim como a recuperação de nossas ruas e avenidas”, disse o prefeito.

Vacinas contra HPV e Meningite disponíveis nas Unidades de Saúde de Piripiri

A Secretaria Municipal de Saúde informa que vacinas específicas para adolescentes já estão disponíveis nas unidades básicas de saúde do município.

Segundo a coordenadora de imunização da secretaria, Denise Paiva, haverá uma grande mobilização nas escolas para proteger os jovens contra doenças como a HPV e meningite.

A vacina Meningocócica, protege contra meningites e infecções generalizadas e está disponível em dose única para meninos e meninas na faixa etária de 12 e 13 anos.

Já a vacina contra HPV, que protege contra formas de câncer de pênis e vagina, está disponível para meninos de 11 a 14 anos e para as meninas na faixa etária de 09 a 14 anos, sendo que são duas doses da vacina, sendo uma agora e a outra dose seis meses depois.

Prefeitura empossa novos conselheiros municipais vinculados à SETAS

A Prefeitura Municipal de Piripiri, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETAS), realizou na tarde da última segunda, 07, a solenidade de posse aos novos conselheiros municipais que irão exercer o cargo pelos próximos 2 anos.

A solenidade aconteceu no Auditório Osíris Neves de Melo, Praça de Eventos, e contou com a participação de autoridades, secretários, vereadores e convidados.

Ao todo foram empossadas 140 pessoas para sete Conselhos, que são: Conselho Municipal de políticas sobre drogas; Conselho Municipal de Defesa dos direitos da Criança e Adolescentes; Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; Conselho Municipal de Defesa dos direitos do idoso; Conselho Municipal de Habitação e interesse social; Conselho Municipal de segurança alimentar e nutricional e Conselho Municipal dos direitos da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Em seu pronunciamento, a secretária da SETAS, Socorro Menezes, pediu a todos os indicados que cumpram seu papel com responsabilidade, atentos às leis e as regulamentações que regem seu mister e que juntos, administração pública e representantes da sociedade civil, possam buscar realizar, cada vez com mais eficiência e respeito ao interesse público, políticas públicas de qualidade na área da assistência social.

O prefeito Luiz Menezes falou da importância dos conselhos na administração pública. “Os conselhos são órgão auxiliares e ao mesmo tempo fiscalizador da gestão. É um representante voluntário da sociedade, sendo representado por diversos segmentos. Com a presença dos conselhos a gestão ganha com as ideias, opiniões, sugestões e acompanhamentos dos trabalhos, fortalecendo a relação entre o município, isto é, entre o poder público e a sociedade”.

O prefeito aproveitou para elogiar o trabalho que vem sendo desenvolvido pela SETAS em nosso município, trabalho esse que é reconhecido em Piripiri em toda região.

Deputado Átila Lira participa do lançamento oficial da Expoagro de Piripiri

O Parque Carolina Freitas Lira receberá a Expoagro a partir de 13 de setembro.

Sábado (12), pela manhã, o deputado federal Átila Lira participou do lançamento oficial da Expoagro de Piripiri.

Além do prefeito Luiz Menezes, do Secretário de Administração José Neto, vereadores, lideranças políticas, expositores, a Fazenda Vitória recebeu inúmeras pessoas para um café da manhã que marcou oficialmente a Expoagro. A feira agropecuária começa no dia 13 de setembro no Parque Carolina Freitas Lira.

O evento foi prestigiado por alunos do curso técnico em agropecuária do Colégio Técnico de Teresina, ligado à UFPI numa parceria com a prefeitura de Brasileira.

Município move ações judiciais por conta de problemas de gestão anterior

O setor jurídico da Prefeitura de Piripiri entrou recentemente com duas ações judiciais para buscar regularizar a situação de inadimplência do município.

Atualmente Piripiri se encontra com pendências no CAUC – Cadastro Único de Convênios, e isso acarreta no impedimento do município de receber convênios federais e estaduais. Ou seja, as verbas facultativas para a realização de obras e projetos o município atualmente não pode receber.

O motivo desta pendência é por conta do não cumprimento dos limites mínimos de aplicação de verbas em saúde e educação na gestão anterior. A Constituição Federal estabelece que o município deve gastar um mínimo de 15% com educação e um mínimo de 25% de saúde, algo que não foi atingido durante os últimos quatro anos.

Por conta disso, o município entrou com ação de improbidade administrativa contra o ex-gestor, indicando para União Federal quem descumpriu a norma, retirando a responsabilidade do município. Posteriormente foi movida ação contra a União, em caráter de urgência, para que seja retirado o nome do município da inadimplência.

O Prefeito Luiz Menezes já garantiu diversos recursos estaduais e federais, mas encontra este impedimento para realizar os convênios por conta da atual situação. Menezes viaja hoje a Brasília para finalizar os acertos de verbas federais que Piripiri deve receber nos próximos meses.